novembro 23rd, 2017 JESUS FACE

Imagine se Jesus tivesse uma fanpage no face. Para efeito de comparação, numa rápida pesquisa no google sobre quem são as 5 pessoas no mundo que tem mais seguidores na rede social, o resultado é o seguinte: Shakira com 105 milhões, Cristiano Ronaldo com 100 milhões, Eminem com 95 milhões, Rihanna com 90 milhões e Vin Diesel com 86 milhões. Duas cantoras, um rapper, um jogador de futebol e um ator. Caras que salvam a vida de pessoas como cientistas, médicos, bombeiros, esquece, mal conseguem chegar na casa do milhão.
Mas e Jesus? Qual seria o resultado? Bem, se considerarmos apenas os cristãos que estão conectados o número já seria absurdamente maior que o das cinco celebridades citadas. Mas penso que dado o impacto da vida de Jesus tanto para os que creem como para os que não creem, o número extrapolaria o povo da fé, teria também uma multidão de curiosos, descrentes, críticos, avessos. Poucos ficariam indiferentes. Mark Zuckerberg precisaria reunir sua equipe e tentar entender o fenômeno, programas especiais teriam de ser disponibilizados para atender a demanda de curtidas, compartilhamentos, comentários, vídeos, fotos, mensagens.
Já ouvi amigos orgulhosos dizendo “sou amigo do Cristiano Ronaldo no face”. Como seriam as frases se Jesus estivesse no face? Quase posso ouvir as vozes de gratidão e emoção estufando o peito e dizendo frases como “Jesus aceitou meu pedido de amizade!”, “Sou amigo de Jesus no face!”, “Sigo Jesus no face!”, “Compartilho todos os posts de Jesus no face!”, “Os posts de Jesus fazem meu dia valer a pena!”. Faça as projeções que quiser, nas mídias sociais Jesus também seria “o cara”.
Como Ele se comportaria? Particularmente não preciso pensar muito. Creio que continuaria humilde, discreto e sem fazer qualquer menção as bilhares de curtidas a cada post. Pois se depois de dar vista a cegos, fazer paralíticos andar, ressuscitar mortos, multiplicar pães, transformar água em vinho, andar sobre as águas, enfim, depois de tudo isso anonimato foi o que Ele procurou, não seriam curtidas, comentários e compartilhamentos que deixariam Ele desvairado, não mesmo.
Essas possibilidades imaginadas até aqui consideraram apenas o face. Tente imaginar qual seria o resultado caso Jesus resolvesse dar uma canja no Instagran! Fotos, fotos e mais fotos! Quanto já se imaginou a respeito do rosto de Jesus? Quantos quadros? Quantos estudos? Quantos já sonharam e sonham com o dia no qual verão o Mestre face a face? Aí, de repente, lá está Jesus no insta, basta seguí-lo e todos os dias você terá novas fotos, novos ângulos dAquele que assertivamente tem sido chamado de O Desejado das Nações.
Se tudo isso para você tem significados como sensacional, incrível e espetacular, vale a pena então voltarmos a realidade e reconhecermos que Jesus tem estado presente na sua Palavra, em nossos corações, em nosso caminhar, em nossas orações, em nossa adoração. Ele jamais será “mais um” amigo no face, daqueles que na maioria mal conhecemos. Quando Jesus propõe ser amigo Ele o quer ser na dimensão completa da palavra amigo. Conecte-se com o céu, curta Sua Palavra, compartilhe seu amor, comente a cada dia Sua obra.
Ah, e enquanto não se disponibilizam as fotos do rosto dEle no insta, seja você a expressão dEle nesta terra tão faminta de esperança. Seja como Jesus para muitos e certamente muitos serão como Jesus para você. Expressar a imagem e semelhança do Criador é uma das missões confiadas a nós, e só teremos algum resultado bom quando formos menos digitais, menos mecânicos, menos robôs e mais humanos. Frágeis sim. Pecadores sim. Mas essencialmente e graciosamente humanos, obras de arte saídas das perfeitas mãos do Artista do céu.

Deixe seu comentário