Arquivado para janeiro, 2013

janeiro 30th, 2013 SEM SAÍDA

Não brinque com fogo, avisava minha mãe. Fogo encanta, atrai, queima. Aprendi isso muito cedo. Eu tinha quatro anos de idade, peguei um saco plástico, pendurei nos galhos de um pinheiro no jardim da casa que morávamos, risquei o fósforo e… caos! Leia Mais

janeiro 24th, 2013 COMO VOCÊ MOSTRA O SEU AMOR?

Faz muito tempo que o amor foi banalizado, nenhuma novidade. Não fiz nenhuma pesquisa, mas a palavra amor, se não ganha, certamente está entre as primeiras nas tramas dos filmes e novelas. Leia Mais

janeiro 18th, 2013 1 QUILO DE FELICIDADE

Vale quanto pesa, essas três palavras já foram o apelo de muitas propagandas. Se algo merece, pagamos o que vale. Porém valor, em alguns casos, caminha no campo da subjetividade. Nem sempre o que tem valor para um, terá para outro, e vice-versa. Leia Mais

janeiro 9th, 2013 ESCRAVOS CEGOS

Começou tudo de novo. Parece que foi ontem. Mas já se passou mais de uma década. Brincando, brincando, toneladas de sapos já foram engolidas. Leia Mais