Arquivado em ‘Para Pensar’

julho 26th, 2017 E SE VOCÊ ENCONTRASSE O GÊNIO DA LÂMPADA?

O mineirinho encontrou. O gênio já foi logo dizendo: Você tem direito a três pedidos, vamos lá, é só pedir que eu realizo na hora! Leia Mais

julho 19th, 2017 QUAL O NOME DO FUTURO?

O medo do amanhã está estampado em cada vez mais rostos que encontro. A corrupção de uns poucos assaltam bem mais que os cofres do país, assaltam a paz da alma, a tranquilidade do coração e a saúde do raciocínio. Assaltados em suas possibilidades, pessoas são vitimadas por quadrilhas de terno e gravata, gente que só tem olhos para o ego refletido no espelho, jamais para os milhares que deram seu precioso voto de confiança. Grana não é tudo, e na conta da vida grana significa muito pouco, afinal, perder a confiança num amanhã melhor leva inevitavelmente para esse quadro preocupante: medo. Leia Mais

junho 20th, 2017 DEUS NÃO EXISTE

Olhe a sua volta. Dê uma rápida espiada nos portais de notícias na internet. Pesquise no google temas como estupro, sequestro, pedofilia, terrorismo, migração, racismo, infanticídio, suicídio, tráfico de mulheres, assédio, corrupção. Tente sentir o cheiro podre que a sociedade já se acostumou e nem nota mais. Injustiças inexplicáveis se multiplicam feito praga, parecem invencíveis e infinitas. São horizontes tétricos, deploráveis e deprimentes. Leia Mais

junho 14th, 2017 APROVEITE BEM O SEU ÚLTIMO MINUTO!

Já corri para não perder o avião. Já corri para chegar no banco antes que fechasse. Já corri para não perder o início de um filme. Já corri para conseguir subir ao púlpito a tempo de pregar. Corri, perdi o fôlego, transpirei. Lembro que na maioria das vezes cheguei a tempo, valeu a corrida, valeu o esforço, valeu tentar. Leia Mais

maio 26th, 2017 ESCONDE-ESCONDE

Época boa foi a da minha infância. A rua era o nosso quintal. Segurança, sossego e muita diversão a custo zero é o que tínhamos todo dia. Bicicleta, pipa, futebol na rua, doce de bar – aqueles que hoje fazem “mal”, mas eram pura alegria em forma de maria-mole, pé-de-moleque, paçoca, cocada, suspiro e doces de abóbora! Ah, bons tempos…-, esconde-esconde… Leia Mais